Sanepar está entre as três empresas mais adequadas às normas

Notícias

Sanepar está entre as três empresas mais adequadas às normas

"De acordo com outro levantamento, 63% das empresas pesquisadas controladas pelo governo federal já estavam em conformidade com a Lei."


Utilidade Pública


   Empresas públicas com ações negociadas na Bolsa de São Paulo, a B3, foram analisadas nos últimos 30 dias pelo Observatório das Estatais, da Escola de Economia de São Paulo da FGV (Fundação Getúlio Vargas). O estudo avaliou regras previstas na Lei 13.303, de 2016, conhecida como Lei das Estatais, com relação aos seus cinco pilares principais: normas gerais, função social, transparência, conselho de administração e controle de risco. A conclusão foi de que as empresas que estão mais adequadas à lei são a Sanepar, o Banco do Brasil e a Petrobras.

   De acordo com a Lei, o prazo para adequação encerrou no dia 30 de junho de 2018, contados dois anos de sua aprovação. Nesse contexto, a Sanepar foi a primeira companhia de saneamento do País a iniciar o trabalho de adequação e, já em junho do ano passado, em Curitiba, compartilhou sua experiência com outras empresas do setor durante reunião ordinária da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe).

   De acordo com outro levantamento, 63% das empresas pesquisadas controladas pelo governo federal já estavam em conformidade com a Lei. O estudo avaliou 84, do total de 133 empresas. Já com relação às companhias ligadas aos estados, as empresas que cumpriam as exigências se limitavam a um grupo de 6,9% de um universo de 145.

   A lei faz com que a empresa tenha que respeitar, por exemplo, normas relativas à disposição final ambientalmente adequada dos resíduos sólidos gerados pelas obras contratadas, mitigação de danos ambientais, avaliação de impactos da vizinhança.


 

Fonte: AEN-PR


09/07/2018
09:06