SECRETARIA DA SAÚDE DO PARANÁ TOMA NOVAS MEDIDAS PARA ENFRENTAR A COVID-19.

Notícias

SECRETARIA DA SAÚDE DO PARANÁ TOMA NOVAS MEDIDAS PARA ENFRENTAR A COVID-19.

"O secretário da Saúde, Beto Preto, esclarece que o regime intenso de trabalho é necessário para enfrentar a pandemia"


Saúde


   O Centro de Operações de Emergências (COE) em Saúde Pública da Secretaria de Estado da Saúde reuniu-se neste domingo (22) para alinhar novas medidas de enfrentamento ao novo coronavírus e outras situações que impactam a saúde pública no Estado.

   O secretário da Saúde, Beto Preto, esclarece que o regime intenso de trabalho é necessário para enfrentar a pandemia. “Na Secretaria da Saúde tomamos a iniciativa de não fechar no fim de semana. Definimos mais detalhes técnicos do funcionamento do nosso Laboratório Central, o Lacen, as questões das provisões de material e equipamento de proteção individual (EPI) tanto para as unidades próprias do Estado como para os hospitais e municípios”, explicou. “Vamos trabalhar em caráter permanente até o final da pandemia”.

   O Paraná entrou em acordo com o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos Bio-Manguinhos, vinculado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e o Ministério da Saúde para a aquisição de mais insumos para exames de detecção do novo coronavírus.

    Para a logística mais rápida, o Governo do Estado disponibilizou a frota de aviões para buscar a carga no Rio de Janeiro. O diretor-geral da Secretaria da Saúde, Nestor Werner Junior, comentou sobre a articulação entre o Paraná, Ministério da Saúde e os outros estados do Sul.

   “O governador Ratinho Júnior disponibilizou as aeronaves do Estado para buscar a carga do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Quando a aeronave retornar, representantes de Santa Catarina virão buscar o material em Curitiba e nós vamos levar os testes até Porto Alegre, ajudando os gaúchos e ampliando a capacidade de testagem dos três estados do Sul”.

   “Pensamos no Paraná como um todo e precisamos viabilizar a testagem do maior número de pessoas com sintomas da Covid-19. Por isso a metodologia utilizada, a quantidade de testes e a logística para coletar as amostras foi revista”, disse o secretário.

 

Fonte: Bem Paraná.


24/03/2020
08:07
Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp