A CADA 13 MINUTOS, UMA MEDIDA PROTETIVA É CONCEDIDA A MULHERES NO PARANÁ.

Notícias

A CADA 13 MINUTOS, UMA MEDIDA PROTETIVA É CONCEDIDA A MULHERES NO PARANÁ.

“O número de medidas protetivas concedidas pelo Judiciário às mulheres disparou nos últimos dois anos"


Estadual


   Segundo dados do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR), ao longo de todo o ano de 2017 haviam sido dadas 15.905 autorizações judiciais. Já em 2019, apenas até setembro, foram 31.190, o que aponta para um crescimento de 96% - e isso, frisa-se, na comparação dos 12 meses de 2017 com apenas os nove primeiros meses de 2019, o que significa que até o final do ano essa diferença deve ficar ainda maior.

   A Coordenadora da Delegacia da Mulher, a delegada Márcia Marcondes comenta que o aumento no número de medidas concedidas tem a ver com o fato de as mulheres estarem tomando conhecimento e exercendo mais os seus direitos.

   Para solicitar uma medida protetiva, a mulher não precisa de advogado ou algo do tipo. Ela pode fazer a solicitação diretamente ao Fórum de sua cidade, através da Defensoria Pública, ou então (o que é mais comum) numa Delegacia de Polícia Civil, cabendo ao juiz determinar a execução desse mecanismo em até 48 horas após o recebimento do pedido.

   Se necessário, a vítima ainda pode solicitar a extensão da proteção ao(s) filho(s), testemunhas e outros familiares.

 

Fonte: Bem Paraná.


06/11/2019
08:55
Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp