China quer parceria com Paraná para obra do corredor bioceânico.

Notícias

China quer parceria com Paraná para obra do corredor bioceânico.

bioceânico. Embaixador confirmou ao governador Ratinho Junior que as empresas chinesas têm interesse em executar a interligação ferroviária entre os portos de Paranaguá e Antofagasta, no Chile."


Internacionais


 A China quer ser parceira do Paraná em obras de infraestrutura, com grande interesse na execução do projeto do corredor bioceânico, que ligará os portos de Paranaguá, no Litoral do Estado, ao de Antofagasta, no Chile. A posição foi confirmada ao governador Carlos Massa Ratinho Junior pelo embaixador da República Popular da China, Yang Wanming.

 No encontro, eles assinaram um protocolo de intenções para promoção da cooperação cultural, turística e comercial. O governador destacou que a China é o principal mercado exportador do Paraná.

Ratinho Junior destacou que o planejamento do Estado para os próximos anos é de muito investimento em infraestrutura. Segundo o embaixador, as empresas chinesas têm interesse nos projetos de concessão de rodovias, ferrovias e aeroportos do Paraná, além de um projeto em andamento no Estado na área portuária.

 A implantação do corredor bioceânico é um projeto estratégico do Governo do Estado. A ideia é que Itaipu faça o projeto executivo da ligação ferroviária entre Paranaguá e Antofagasta, interligando, também, Argentina e Paraguai. Ratinho Junior já levou o projeto ao presidente Jair Bolsonaro e em breve irá apresentá-lo ao presidente do Paraguai.

 O embaixador Wanming, que já trabalhou nas embaixadas do Chile e Argentina, já esteve na região de Antofagasta e considera estratégica a proposta do canal transoceânico. O embaixador informou que, além da China, Japão, Coreia do Sul, Índia e outros países asiáticos apoiam a iniciativa. Ele vai apresentar o projeto para empresas chinesas de construção de ferrovias.


19/03/2019
08:14
Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Whatsapp